Projetos de Expansão

Importação e o Complexo de Fertilizantes da ROCHA

Em 2013, a compra dos chamados fertilizantes intermediários cresceu 10,6%, para 21,619 milhões de toneladas. Segundo a Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda), este resultado é um recorde no setor e consequência da crescente busca pelo produto, que gerou um aumento expressivo nas importações.

Dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex/MDIC) indicam que somente no ano passado, o país investiu na importação de fertilizantes US$ 8,885 bilhões, aumento de 3,51% sobre 2012 e que representou cerca de 70% do volume comercializado no país em 2013.

O consumo de fertilizantes foi recorde no país no ano passado puxado principalmente pelo desempenho da cultura da soja. As vendas domésticas somaram 31,082 milhões de toneladas em 2013, aumento de 5,2% sobre 2012, de acordo com a Anda.

Apesar do crescimento do consumo e das importações, a produção nacional de fertilizantes não teve nenhum avanço significativo para reduzir a dependência do Brasil em relação aos países comercializam o produto, pelo contrário, caiu em 417 mil toneladas em comparação com 2012.

Com a demanda crescente por fertilizantes, muito utilizados no plantio de milho e soja, também cresce o volume de navios estrangeiros com este produto que chegam ao país, principalmente pelo Porto de Paranaguá.

Para atender com maior agilidade e rapidez as importações de fertilizantes, a ROCHA Terminais Portuários e Logística dispõe no Porto de Paranaguá de um Complexo de Fertilizantes com capacidade estática de 260 mil toneladas, devidamente alfandegado pela Receita Federal do Brasil sob ADE nº 44 de 25 de Novembro de 2013 e recebeu sua ampliação sob o ADE nº 10 de 25 de Abril de 2014. É formado por 04 terminais exclusivos, o que permite aos importadores nacionalizar suas mercadorias sob os Regimes de Consumo e Entreposto Aduaneiro.

Na Operação Portuária, A ROCHA conta com 02 (dois) guindastes MHC dedicados à descarga dos navios que apoiam o Complexo de Fertilizantes que além dos próprios armazéns graneleiros, ainda pode expedir até 100 vagões por dia pois também possui desvio ferroviário para encoste de 25 vagões.

A estrutura é moderna e capacitada, mas para saber mais sobre procedimentos e trâmites aduaneiros na importação de fertilizantes, entre em contato com nossa equipe.

A ROCHA Terminais Portuários e Logística trabalha há 150 anos com armazenagem de produtos que chegam diariamente nos portos em Paranaguá e São Francisco do Sul, contando com uma equipe especializada para atender nossos clientes desde o carregamento dos armazéns até a saída tanto na região portuária, quanto na agilidade dos serviços requisitados, além de transparência e segurança.

Aria Webdesign